Acalmando uma Taquicardia…


Muitas vezes você já deve ter se deparado com alguma pessoa necessitando de ajuda médica por alteração (aumento) em sua freqüência cardíaca. Essa alteração é conhecida como taquicardia, que é regulada pelo Sistema Nervoso SIMPÁTICO de nosso corpo.

Por valores Normais define-se que acima de 100 batimentos cardíacos por minuto o paciente esteja apresentando um início de taquicardia.

Mas estes valores dependem muito de pessoa para pessoa, do estado físico desta pessoa, se está em repouso ou praticando exercícios físicos que exijam maior bombeamento de sangue para os tecidos musculares e enfermidades ligadas a Hipertensão que esta pessoa possa sofrer.

Bom de qualquer forma existe uma “MANOBRA” que qualquer pessoa sem muito conhecimento médico pode fazer e ajudar a pessoa que necessita de atenção.

A manobra é simples! Convide essa pessoa para se sentar e tente deixá-la em uma posição confortável. Fique de frente para essa pessoa e com sua mão direita localize abaixo da orelha esquerda da pessoa o plexo cervical como mostra a figura acima (área roxa) e faça massagens circulares no sentido anti-horário por cerca de um minuto e tome novamente o pulso da pessoa para verificar se baixou a freqüência cardíaca, e pergunte à pessoa em atenção se ela sentiu uma melhora. Caso contrário ligue para o corpo de bombeiros ou encaminhe essa pessoa o mais rápido possível a um Hospital.

” Muita atenção: Massagear apenas o lado esquerdo do pescoço da pessoa. Em caso de massagear os dois lados você pode induzir o Sistema Nervoso Parassimpático a uma parada cardíaca.”

Se esta pessoa estiver passando por um problema funcional do Sistema Nervoso PARASIMPÁTICO (responsável por baixar a freqüência cardíaca) essa “MANOBRA” ajudará estimular esse Sistema uma vez que existem ramas do parassimpático em conexão com o plexo cervical.

Espero ter contribuí­do com essa dica que não deixa de ser uma ferramenta muito útil para essas horas de emergência.

Uma boa semana a todos!


Disponível também em Espanhol no site SantaCruzTiene.com onde sou um dos editores de Saúde.

  1. avatar

    #1 by Raul Castro on 8 de outubro de 2009 - 12:01

    Parabéns Paulo Roberto,
    Achei muito bacana seu Blog, estava navegando pelo Google e procurando informações para realizar um trabalho acadêmico sobre Taquicardia e encontrei seu artigo… foi de grande valia para mim e para os demais colegas da turma.

    Parabéns!!!

  2. avatar

    #2 by Renato Schmitz Gibim on 24 de outubro de 2009 - 16:37

    Olá Paulo…
    O artigo é muito bom, o site esta muito bonito e os recursos também…. Parabéns…

  3. avatar

    #3 by Lygia Paula on 11 de abril de 2010 - 22:30

    Parabens, as informações são extremamente valiosas e detalhadas, tenho asma desde os 2 anos de idade e sofro muito pois alem de tudo os tratamentos ainda são de custo bastante elevados e meu filho de 6 anos nasceu com o mesmo problema, e tenho encontrado muitas informações em seu blog… obrigada…
    vou continuar visitando muitas vezes….

  4. avatar

    #4 by Paulo Roberto Moschetta on 10 de março de 2011 - 13:38

    Obrigado Lygia pelo carinho, fico feliz por ter pessoas que assim como você segue este Blog regularmente.
    Agradeço toda a atenção e estarei tratando em breve sobre asma…

    Até breve

  5. avatar

    #5 by Letícia on 1 de maio de 2011 - 15:18

    Estou com taquicardia a 3 dias… e ta bem desconfortável… pq começa quando eu estou em repouso… do nada…. então estava procurando uma maneira de aliviar… e realmente funcionou! Obrigada!!!

  6. avatar

    #6 by Iselda on 25 de junho de 2011 - 7:28

    Muito interessante mesmo!!! Que bacana! Eu nunca ouvi isso nas minhas aulas do curso do técnico de enfermagem. Adorei! “conhecimento é luz no fim do túnel”. Abraço!
    Iselda-RS.

  7. avatar

    #7 by Noemir on 30 de setembro de 2011 - 1:20

    Obrigada pela ajuda pois sofro de vez em qdo com taccardia e fico muito nervosa com medo de infarto. Ja fui ao cardiologista ele diz que nao e grave mas fico mto nervosa. Se tiver outra dica de emergencia por favor mande. Obrigada.

  8. avatar

    #8 by Paulinne on 9 de outubro de 2011 - 22:56

    Muito obrigada pela informação. Meu pai teve uma taquicardia agora e a técnica realmente ajudou. Eu estava assustada. Informação muito valiosa.

  9. avatar

    #9 by Paulo Roberto Moschetta on 10 de outubro de 2011 - 0:15

    Obrigado Paulinne pela sua manifestação no blog. É sempre muito importante colher esse retorno dos meus leitores.
    Fico feliz por ter ajudado de alguma forma.

    Um abraço,
    Paulo Roberto Moschetta

  10. avatar

    #10 by Elisabeth on 21 de outubro de 2011 - 21:16

    Dr. Paulo Roberto , eu estou aqui para lhe agradecer por essa matéria publicada. Obrigada pela dica “Valiosa” e tão bem explicada , para acalmar a Taquicardia . Eu consegui fazer sózinha o exercício .
    Parabéns pelo Blog .
    Mais uma vez , muito obrigada !

  11. avatar

    #11 by Paulo Roberto Moschetta on 21 de outubro de 2011 - 23:16

    Obrigado pelo carinho Elisabeth, lembrando que ainda não sou doutor, más graças a Deus está breve tal conquista.
    Fico feliz por todas as manifestações, isso é o que impulsiona estudantes e pesquisadores… Colher resultados…

    Eu que agradeço a visita e o prestigio.
    Um abraço,
    Paulo Roberto Moschetta

  12. avatar

    #12 by Sergio Tiba on 11 de agosto de 2012 - 21:45

    C A R A C A essa massagem pra acalmar a taquicardia realmente funciona! Obrigado Dr.!
    Conhecimento realmente é tudo!!!
    Uma dúvida, tem problema fazer se a pessoa estiver deitada?

  13. avatar

    #13 by Paulo Roberto Moschetta on 22 de agosto de 2012 - 21:43

    Olá Sergio, sem problemas, desde que seja comodo para o paciente não existe nenhum problema.
    Essa manobra de emergencia na verdade estimula apenas o Sistema Parasimpático, logo não existe nenhuma contra indicação para a posição do paciente, desde que ele sinta-se confortável em tal posição.

    Forte Abraço,
    Paulo Roberto Moschetta

  14. avatar

    #14 by Uanda on 13 de novembro de 2012 - 3:06

    Quando li a matéria estava quase infartando tamanho mal estar.
    As minhas já duram uma semana, fiz a massagem e aliviou muito.
    Parabéns Paulo Roberto, texto direto simples e de grande ajuda obrigada.

    Beijos sucesso!

  15. avatar

    #15 by Robin on 6 de outubro de 2013 - 19:19

    Adorei as diicas,muito bom.

(não será publicado)

Spam Protection by WP-SpamFree